O WordPress é bom para comércio eletrônico?

O WordPress é bom para comércio eletrônico, mas não é a melhor solução para sites de comércio eletrônico. Se o WordPress funcionará para sua loja de comércio eletrônico dependerá de sua empresa e de suas necessidades de venda de produtos online. É por isso que vale a pena explorar alternativas do WordPress, como Shopify.

Prós de usar o WordPress para negócios de comércio eletrônico

O WordPress pode ser usado para comércio eletrônico e oferece vários grandes benefícios.

Aqui estão alguns dos prós de usar o WordPress para o seu negócio:

1. Oferece plugins para adicionar funcionalidade de comércio eletrônico

A pedra angular da construção de um site WordPress são os plugins. Os plug-ins ajudam você a criar um site com todas as funcionalidades necessárias para o seu negócio. Se você deseja ter um site de comércio eletrônico, o WordPress oferece vários plugins focados em comércio eletrônico para ajudá-lo a vender produtos em seu site.

Um dos plugins de comércio eletrônico mais populares do WordPress é o WooCommerce. WooCommerce permite que você:

  • Crie vitrines atraentes
  • Otimize suas páginas para os mecanismos de pesquisa
  • Personalizar páginas de produtos
  • Escolha entre vários gateways de pagamento
  • Defina suas opções de envio
  • Calcule o imposto sobre vendas com facilidade

Este plugin de comércio eletrônico oferece vários recursos excelentes para ajudá-lo a transformar um site WordPress em uma loja de comércio eletrônico. Existem dezenas de outros plugins que você pode usar para moldar sua loja de comércio eletrônico, incluindo:

  • TrustPulse: ajuda você a aproveitar a prova social dos clientes
  • Recuperação de carrinho : ajuda você a reengajar pessoas que abandonaram seus carrinhos e trazê-los de volta para converter
  • WP Product Review Lite : Ajuda você a interagir com comentários sobre seus produtos
  • Sucuri : Ajuda você a adicionar segurança ao seu site

O uso de plugins permite que você escolha as funcionalidades necessárias para o seu site.

Pode beneficiar o seu negócio porque permite simplificar o processo de construção do seu site.

2. Oferece dezenas de opções de modelos

Um dos benefícios mais significativos do WordPress é o grande número de modelos que eles oferecem para construir seu site, seja ele de notícias de Osasco ou qualquer outro segmento. Se você deseja um site de comércio eletrônico que encapsule o estilo único da sua marca, o WordPress oferece um modelo para isso. O WordPress tem mais de 8.000 temas para escolher para o seu site, com mais de 1.200 modelos focados em comércio eletrônico que você pode usar para criar seu site.

Com tantas opções disponíveis, você pode criar um site personalizado que atenda às necessidades da sua empresa. Além disso, esses temas são responsivos, para que os usuários tenham uma ótima experiência em seu site, independentemente do dispositivo que usarem.

3. É amigável para SEO

Uma das melhores coisas sobre a construção de um site de comércio eletrônico WordPress é criar um site amigável para otimização de mecanismos de busca (SEO) . Se você deseja que as pessoas encontrem seus produtos quando os pesquisam por meio de um mecanismo de pesquisa como o Google, você precisa de um site otimizado para classificação. Com o WordPress, você pode implementar plugins para ajudar seu site a se classificar nos resultados de pesquisa.

Você pode usar um plug-in como o YoastSEO para ajudá-lo a criar um site amigável para SEO para sua loja de comércio eletrônico. Este plug-in permite otimizar as páginas do seu site para ter um bom desempenho nos mecanismos de pesquisa e gerar resultados. Como suas páginas são compatíveis com SEO, você aumenta a probabilidade de classificar em pesquisas de produtos relevantes e direcionar clientes em potencial qualificados para sua página.

Contras de usar o WordPress para comércio eletrônico

Junto com os prós, há contras em escolher o WordPress como seu construtor de sites de comércio eletrônico.

Aqui estão algumas desvantagens de ter um site de comércio eletrônico WordPress.

1. Não foi desenvolvido especificamente para comércio eletrônico

Embora o WordPress tenha plugins para tornar seu site amigável ao comércio eletrônico, não é um construtor de sites de comércio eletrônico. Você pode criar dezenas de diferentes tipos de sites com o WordPress. Como o WordPress não é focado em comércio eletrônico, você pode perder alguns recursos cruciais necessários para sua loja de comércio eletrônico.

Você pode perder esses recursos simplesmente porque não pensa neles ou não sabe se há um plug-in disponível para ter esse recurso. Por exemplo, se você não pensou em obter um plug-in para abandono de carrinho, perderá totalmente esse recurso porque não instalou um plug-in para ele. Em uma plataforma de comércio eletrônico, no entanto, recursos como esse normalmente já estão integrados, então você não precisa pensar duas vezes sobre isso.

Perder recursos como esse pode afetar suas vendas e receita geral.

2. Alguns plugins não funcionam bem juntos

Uma das maiores dificuldades com o WordPress é fazer com que todos os plugins funcionem. Alguns plugins podem não ser compatíveis uns com os outros, o que pode criar dores de cabeça quando você está tentando construir seu site. Se você não tiver experiência na criação de um site, talvez não encontre uma solução alternativa para esses problemas.

Como resultado, você pode ter que abrir mão de alguns recursos ou usar plugins de qualidade inferior, o que pode impactar negativamente seus negócios.

Related Posts

Landing page vs. Website: qual é a melhor opção para o seu negócio?

Ter uma presença online é fundamental nos dias de hoje para qualquer negócio. É por meio da internet que muitas pessoas procuram por produtos, serviços e informações….

Anúncios colocados programaticamente para dezenas de organizações sem fins lucrativos e universidades estão aparecendo em sites de desinformação

Anúncios colocados programaticamente para dezenas de organizações sem fins lucrativos e universidades estão aparecendo em sites de desinformação.

Incluindo alguns que entram em conflito aberto com as missões das principais organizações que pagam por esses anúncios, de acordo com um novo relatório lançado hoje. Pesquisadores…

Estratégia de marketing B2B: publicidade paga por clique (PPC)

Estratégia de marketing B2B: publicidade paga por clique (PPC)

A publicidade PPC envolve a criação de anúncios pagos que aparecem no topo dos resultados da pesquisa. Você os verá marcados com a palavra “anúncio” para indicar…

Tipos de correspondência do Google Ads: 3 tipos de correspondência de palavras-chave PPC para seus anúncios

Tipos de correspondência do Google Ads: 3 tipos de correspondência de palavras-chave PPC para seus anúncios

Agora que abordamos quais são os tipos de correspondência de palavra-chave, vamos ver os três tipos de correspondência do Google Ads que você pode usar para suas…

Como projetar um logotipo: um processo de 5 etapas

Como projetar um logotipo: um processo de 5 etapas

Etapa 1: Resumo do projeto O tempo e o esforço necessários para concluir um briefing de design, bem como o conteúdo do briefing de design, dependerão do…

Veja quatro dicas úteis do Git para iniciantes

Veja quatro dicas úteis do Git para iniciantes

Dica 1: Passe algum tempo aprendendo o básico do Git Aprender o básico não significa que você tenha que ler toda a documentação do Git do início…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.