Produção de vídeo em B2B? Como funciona em 5 passos!

Os vídeos estão entre os formatos mais populares na web. Explicamos quais existem em nosso último artigo. As empresas B2B, em particular, também se beneficiam do uso de vídeo. Eles têm uma ampla gama de oportunidades para distribuir suas soluções e produtos complexos de maneira direcionada na forma de conteúdo de imagem em movimento. Os vídeos garantem a preparação de conteúdo variado no site ou em seus próprios canais de mídia social. Mostraremos a melhor maneira de criar um.

O marketing de vídeo tem que se afirmar contra alguns preconceitos. Os enormes custos de produção e a preocupação de que tópicos B2B complexos não possam ser empacotados em formatos de imagem em movimento são apenas dois deles. Nem toda produção de vídeo precisa cumprir esses clichês. Vídeos mais complexos, como vídeos explicativos, filmes de imagem extensos ou vídeos com animações ou efeitos, deveriam ser melhor colocados nas mãos de especialistas. Formatos de vídeo menos extensos podem ser implementados rapidamente com planejamento detalhado e conteúdo bem pensado. Isso inclui apresentações da empresa de Engenharia Elétrica e outras empresas, relatórios de feiras ou webinars.

1. A fundação

Uma boa base também é importante para a produção de vídeo. Para garantir que o vídeo mais tarde cumpra exatamente o propósito desejado, vários fatores devem ser determinados com antecedência. Em seguida, você especifica a direção específica ao criar o vídeo. Portanto, reserve tempo suficiente para esclarecer as seguintes questões, por exemplo:

O que e quem você quer alcançar com o vídeo?

No início há sempre a questão do que você quer dizer com o vídeo: ele deve explicar um produto complexo ou um processo para os clientes? Uma visão sobre a empresa está planejada para atrair potenciais candidatos? Quer fazer um relatório sobre uma feira? Você deve sempre pensar no seu grupo-alvo.

Qual formato é adequado para isso?

Uma vez que está claro qual conteúdo deve ser comunicado e qual grupo-alvo deve ser abordado, surge a questão do formato apropriado. Determine que tipo de apresentação melhor transmite a mensagem e envolve os espectadores da maneira desejada. Nossa última postagem no blog oferece uma pequena ajuda. Aqui você encontrará uma visão geral dos formatos de vídeo mais populares no marketing B2B.

Onde o vídeo deve ser usado mais tarde?

Se você se der ao trabalho de produzir um vídeo, seria uma pena se ele acabasse aparecendo apenas no site da sua própria empresa. Portanto, sempre vale a pena considerar quais canais podem ser usados ​​para alcançar outros usuários. Desta forma, você pode saber com antecedência sobre os requisitos de formato padrão (comprimento, formato de imagem, som, legendas) das plataformas e levá-los em consideração durante a produção. Estes dependem do respectivo canal e às vezes são mais ou menos complexos.

2. O conceito

Uma vez que todas essas perguntas tenham sido respondidas, a criação de um conceito ou exposição pode começar. Dependendo da profundidade do conteúdo ou da complexidade do tópico, isso pode ser extenso ou curto e agradável. De qualquer forma, deve ser registrado por escrito, porque o processo de escrever revela muitas armadilhas. Como em todos os lugares, o seguinte se aplica aqui: o tempo que você dedica a um conceito adequado geralmente é economizado na implementação.

Neste ponto, você deve ter uma ideia clara de como a “história” deve ser contada. Faça a si mesmo estas perguntas: Qual é a mensagem principal? Qual sentimento e qual humor deve ser transmitido e qual curso de ação é descrito.

Para vídeos que consistem em várias cenas e configurações diferentes, faz sentido desenhar um storyboard com antecedência. Com este conceito cômico, os planos individuais são esboçados e já dão uma primeira sensação para o filme finalizado. Basta indicar as imagens para ter uma visão geral durante a produção de tudo o que precisa ser filmado. Você pode baixar um modelo de storyboard aqui.

3. O planejamento

Com um conceito bem estruturado, você já sabe quem está envolvido na filmagem e onde será filmado. Ele também fornece uma visão geral dos adereços, figurinos e tecnologia necessários. Evite ações espontâneas e organize todos os detalhes com antecedência – desta forma você está legalmente seguro. Um grande esforço de planejamento pode ser evitado recorrendo-se a recursos internos da empresa. Fotografe o máximo possível nas dependências da sua empresa e use os funcionários como protagonistas. Isso geralmente não é apenas mais barato e menos complicado, mas também tem um efeito mais autêntico no espectador.

Não importa quem você retrata em seus vídeos, você precisa de permissão prévia, de preferência por escrito. O mesmo se aplica a locais fora das instalações da empresa. Especialmente em locais públicos, você evita discussões desnecessárias com uma permissão de filmagem por escrito.

4. A torção

Não importa se você trabalha com um prestador de serviços externo para a produção ou faz tudo sozinho: Um cronograma bem estruturado que também deixa espaço para mudanças espontâneas ou complicações inesperadas é crucial para o sucesso do projeto. Durante a filmagem, uma pessoa deve sempre ter uma visão geral dos tiros que já foram filmados e dos que ainda serão filmados. A maneira mais fácil de fazer isso é com um cronograma de filmagem. Dessa forma, nada é esquecido e as cenas não precisam ser refilmadas laboriosamente depois.

5. O pós-processamento

Depois de ter todas as configurações na caixa, o pós-processamento pode começar. Você não precisa de software profissional caro para um vídeo simples. Existem inúmeras ferramentas gratuitas para download e mesmo com o clássico Windows Movie Maker ou iMovie para Mac, muito pode ser alcançado.

Se o vídeo for acompanhado de música, deve-se assegurar que esta também pode ser utilizada para o efeito ou se a utilização está sujeita a quaisquer condições, como a nomeação do autor. A plataforma do YouTube também disponibiliza uma biblioteca de áudio com músicas e efeitos sonoros gratuitos em suas ferramentas de vídeo.

Independentemente de outras adaptações linguísticas do vídeo estarem planejadas, as legendas são recomendadas, pois muitos usuários nas mídias sociais assistem a vídeos sem som. Eles também permitem o uso sem barreiras para deficientes auditivos.

Conclusão

As imagens em movimento são uma parte indispensável do cenário online de hoje e oferecem uma ampla gama de opções para a preparação de conteúdo. Justamente por existirem tantos formatos diferentes, as empresas B2B podem ousar produzir sua própria apresentação corporativa. Um conceito bem pensado e um planejamento preciso são cruciais. Se o vídeo for mais exigente e demorado, trabalhar com um provedor de serviços experiente compensa.

Related Posts

Inovação nos negócios: Rotulador automático de embalagens

Na área da produção e rotulagem de produtos, o rotulador automático de embalagens ocorre como uma ferramenta inovadora capaz de aprimorar processos, otimizar a identificação de produtos…

Estratégias jurídicas para startups: Mundo dos negócios inovadores

No espaço empresarial contemporâneo, as startups surgiram como agentes inovadores, introduzindo ideias disruptivas e desafiando as normas estabelecidas. Porém, o ecossistema dinâmico das startups também traz consigo…

Inglês a Distância: Conectando-se com o Mundo dos Negócios

Já explicamos o que é essencial realizar para começar a maestria em um dos idiomas mais falados no mundo. E que tal descobrir a relevância do esperanto…

Blockchain Diversificação de Investimentos

A tecnologia blockchain está revolucionando a maneira como pensamos sobre diversificação de investimentos. Este sistema, conhecido como a principal das criptomoedas como o Bitcoin, oferece um leque…

Due Diligence Empresarial: Como Implementar na Minha Empresa

O termo “due diligence”, ou diligência prévia, refere-se a uma investigação ou auditoria de um potencial investimento ou de um contrato de negócios. No contexto empresarial, é…

Aprofundando os Benefícios do Sistema de Contabilidade de Fluxo de Caixa

O sistema de contabilidade de fluxo de caixa se destaca como um pilar crucial para assegurar o sucesso financeiro de uma organização. Neste artigo, discutiremos aprofundadamente a…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.